pub

O telemóvel volta a estar na mira das autoridades, a partir desta terça-feira, com operações de fiscalização, em vários locais do país, e também uma campanha para alertar para os efeitos negativos do uso indevido deste aparelho.

Em declarações à RTP, Alexandra Henriques, da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, revela que, mesmo com o país em confinamento, continuam a registar-se demasiados acidentes, com feridos graves e até mortes:

Para esta responsável, é fundamental que as pessoas tomem consciência do perigo que representa usar o telemóvel durante a condução:

No ano passado, em média, 63 portugueses foram apanhados por dia, a conduzir e a mexer no telemóvel ao mesmo tempo.

Desde o passado dia 8 de janeiro, quem for multado pelas autoridades pode estar sujeito a uma multa que vai desde os 250 aos 1.250 euros.

pub