pub

O Sporting CP está a ser acusado pela Liga Portuguesa de Futebol de fraude na inscrição de Rúben Amorim como treinador. A multa para o técnico pode ser de um a seis anos de suspensão.

A queixa foi apresentada pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol, em março de 2020, e a acusação da Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol foi agora conhecida.

Na altura, a associação criticou a contratação de Rúben Amorim como técnico do SC Braga por não ter o nível 4 da categoria profissional de treinador e não ter as qualificações necessárias para treinar um clube da I Liga. A associação disse que ‘era uma vergonha que desprestigiava a imagem do futebol português’.

O clube de Alvalade lamenta “o tratamento díspar e enviesado em desfavor” do Sporting e diz que é uma tentativa das instituições envolvidas em “prejudicar gravemente a promissora carreira de um muito competente jovem treinador”.

pub