pub

Vários profissionais da área da educação estão em greve por todo o país, a partir de hoje e até sexta-feira, uma vez que o S.T.O.P., Sindicato de Todos os Professores, decidiu manter a paralisação de uma semana, apesar do Governo ter decidido encerrar as escolas na passada segunda-feira.

Esta manhã, vários professores da Região de Coimbra concentraram-se em frente à Escola Inês de Castro, onde o dirigente sindical, André Pestana, justificou o protesto:

Era André Pestana, dirigente do Sindicato de Todos os Professores, com as razões que levaram a estrutura a manter a greve de uma semana.

pub