pub

A população portuguesa começa já a dar sinais de menos respeito pelas regras em vigor. Apesar dos alertas e apelos do Governo e alguns especialistas para não baixarmos a guarda, a rua voltou a ser um local apetecível para quem está, a cada dia que passa, menos confinado em casa.

Ouvido pela Antena 1, o analista Nuno Santos, consultor da PSE, adianta algumas das razões que podem estar na origem deste aparente relaxamento:

A justificação do analista Nuno Santos para um aparente relaxamento dos portugueses, relativamente às regras ainda em vigor.

Esta segunda-feira, no final da reunião no Infarmed, em Lisboa, que juntou, mais uma vez, políticos e especialistas, a ministra da Saúde, Marta Temido, voltou a reafirmar que ainda não é tempo de desconfinar:

O alerta para os perigos do relaxamento, agora que os números da pandemia começam a ser mais favoráveis.

pub