pub

Consciente do impacto da COVID-19 no concelho de Montemor-o-Velho e da necessidade de mitigar os efeitos da pandemia, Emílio Torrão apresentou, na última reunião do executivo montemorense, um conjunto de medidas excecionais e temporárias que visam reforçar o apoio às famílias, instituições e atividade económica.

Aprovadas por unanimidade, as 25 medidas do plano de desconfinamento municipal contemplam a isenção de todas as taxas relativas à ocupação de espaço público e à publicidade até ao final de 2021. Os feirantes e os pequenos comerciantes e produtores locais do Mercado Municipal não terão de suportar as taxas de ocupação durante o período em que não se realizaram a feira quinzenal ou o mercado.

O apoio prestado pela Autarquia às micro, pequenas e médias empresas no acesso à informação e consultoria para mitigar os efeitos da crise, a promoção de uma rede de comercialização de produtos locais ou a redução dos prazos médios de pagamento às entidades fornecedoras são outros dos apoios já em curso no Município de Montemor-o-Velho.

O movimento associativo, cultural e desportivo, pode ver os apoios relativos à atividade regular, desde que já remetidos para aprovação do executivo, adiantados em 50%. No âmbito da saúde, o Município de Monte More vai continuar a promover todo o apoio logístico e administrativo às autoridades de saúde.

pub