pub

A depressão Dora chegou esta madrugada a Portugal e trouxe chuva, ventos fortes, agitação marítima, mas também neve. Os distritos mais afetados são Vila Real e Viseu.

Em conferência de imprensa, a Autoridade Nacional da Proteção Civil disse que até às 10 horas, desta sexta-feira, houve “um registo de 99 ocorrências desde as 00h”.

De acordo com o comandante da Proteção Civil, Luís Belo Costa, há “um registo relativamente baixo de ocorrências atendendo àquilo que são as condições meteorológicas que nos foram informadas pelo IPMA”.

Ainda assim, há já vários pontos do país pintados de branco, havendo já registos de várias perturbações, com estradas cortadas e escolas fechadas, num dia para qual o IPMA previu neve acima dos 1.400/1.600 metros no Norte e Centro do país, “descendo gradualmente a cota para 600/800 metros”.

Recorde-se que Portugal Continental vai ser afetado desde a tarde de ontem e até sábado por vento forte, precipitação, neve, agitação marítima e descida da temperatura associadas à passagem da depressão Dora, informou o IPMA.

A depressão está associada a uma superfície fria e vai fazer-se sentir a partir da tarde de hoje e atravessar todo o território durante o dia de sexta-feira.

pub