pub

O dia da Defesa Nacional, interrompido por duas vezes desde o ano passado devido à pandemia de Covid-19, vai ser retomada hoje.

O Governo anunciou que a iniciativa será retomada “atendendo à evolução positiva da situação epidemiológica da Covid-19 no país”, estando todas as medidas gerais de proteção da saúde pública, decorrendo na Escola de Fuzileiros, no Barreiro, na Base Aérea Nº5, na Unidade de Apoio do Comando de Pessoal, no Regimento de Infantaria Nº19 e no Regime de Guarnição Nº3.

A 17.ª edição do dia da Defesa Nacional vai levar 90.068 jovens com mais de 18 anos, de 3 de maio a 17 de dezembro de 2021, a cinco unidades militares do país para sensibilizá-los sobre a função das Forças Armadas, segundo um comunicado do Ministério da Defesa.

Em 2020, desde o início da pandemia de Covid-19, que parou parcialmente o país com dois confinamentos, o Dia da Defesa Nacional foi interrompido entre Março, Setembro e Novembro até 30 de Abril de 2021.

Mais de 1,2 milhões de jovens participou nesta iniciativa desde que foi criada, em 2004, e tem por objetivo sensibilizar os jovens para a Defesa Nacional e divulgar o papel das Forças Armadas.

pub