pub

O primeiro-ministro afirma que o Plano de Recuperação e Resiliência destina diretamente às empresas 4,6 mil milhões de euros, aos quais se somam outros apoios indiretos, além de contratos por programas de habitação ou obras públicas:

Esta posição foi transmitida por António Costa num novo vídeo que está hoje a ser divulgado no portal do Governo na internet e nas redes sociais no âmbito da iniciativa do executivo “Plano de Recuperação e Resiliência em debate”.

Recorde-se que o Governo português colocou a versão preliminar e resumida deste plano em consulta pública, no início da semana passada.

Segundo o executivo, foram definidas três “dimensões estruturantes” de aposta – resiliência, transição climática e transição digital -, às quais serão alocados 13,9 mil milhões de euros de subvenções a fundo perdido das verbas europeias.

No documento, estão também previstos 2,7 mil milhões de euros através de empréstimos.

pub